Você ainda pensa que a idade é um impedimento para viajar? Hora de tirar a poeira da mala.
Fato é fato: não existe idade certa para viajar. Se você ainda não acredita que isso é verdade, não se preocupe: nós da Montreal vamos te dar 5 motivos (e algumas dicas) para curtir uma viagem inesquecível depois dos 60 anos. Todo mundo pronto para mudar de ideia e arrumar as malas?

 
 
 

1. Descobrir é rejuvenescedor

Quando a bagagem já é grande e parece que já vivemos de tudo nessa vida, falta um pouco de empolgação. Uma ótima chance de resgatar esse entusiasmo é conhecer coisas novas: lugares, culturas, pessoas, estilos de vida, climas… tudo isso ajuda a renovar as energias e rejuvenescer corpo e mente. E nem é preciso ir longe para mudar os ares, hein? Viagens para cidades ou estados vizinhos já podem fazer toda a diferença.

 
 

2. Revisitar faz bem para o coração

Sabe aquele lugar que tem um cantinho especial em nossos corações, mas que já faz muito tempo desde que fomos lá? Viajar pode ser uma ótima oportunidade para acabar com a saudade e aproveitar a onda de bons sentimentos nostálgicos que a memória vai trazer durante a viagem. Sua cidade natal, um lugar que marcou sua vida, amizades que foram separadas pela distância, vale tudo na hora de escolher seu próximo destino!

 
 

3. Desafiar-se é um ótimo jeito de se conhecer

Toda viagem é um desafio pessoal, seja pela distância, pelo choque cultural, pela língua, ou apenas por ser uma novidade. Mas nem pense que isso é ruim, muito pelo contrário! Esses desafios são ótimos para impulsionar a autoestima, além do sentimento de realização pessoal. Viver a experiência de viajar estimula a criatividade e a nossa capacidade natural de se relacionar.

 
 

4. Experimentar novidades faz bem para o corpo e a mente

Viajar sem companhia ou não, para longe ou para perto, com muita ou pouca bagagem, de avião ou de navio: existem muitos jeitos diferentes de inovar na hora de planejar os seus destinos, mas uma coisa é certa: sempre será possível tirar um bom proveito de qualquer uma dessas escolhas. Cada uma delas vai transformar o nosso jeito de ver o mundo e as pessoas ao nosso redor. Experimente fazer cada viagem ser única!

 
 

5. Viver em movimento é mais saudável

Se é bem-estar que você procura, uma viagem pode ser a melhor escolha. O simples ato de sair da rotina e colocar nosso corpo em movimento pelo mundo ativa diversas funções cognitivas e físicas para que a experiência seja maravilhosa também para a nossa saúde.

 

 

 

Bônus: 5 dicas para seguir antes de viajar

É sempre bom preparar tudo com muito cuidado e com antecedência antes de uma viagem para evitar imprevistos. Com algumas dicas simples fica fácil pôr tudo em ordem:
Escolha bem que tipo de viagem você quer fazer: o momento pede um passeio mais tranquilo, ou noites mais agitadas? Um destino mais comercial ou de turismo histórico? Decida com antecedência para escolher o destino com cuidado e evitar frustrações na hora de curtir a experiência.
Dê entrada e prepare toda a documentação necessária: existem documentações universais (que você precisa levar para a maioria das viagens como Documento Oficial com Foto e Passaporte) e algumas mais específicas para cada destino (Seguro-Saúde, Carteira de Vacinação e Visto, por exemplo). Lembre-se de se informar bem sobre quais documentos são necessários para o seu destino e deixe tudo em ordem para viajar sem preocupações.
Tome precauções especiais com a saúde: antes de viajar, é sempre bom realizar exames de rotina e checar com os médicos se está tudo em ordem antes de uma viagem. Garantindo todos os medicamentos necessários e o aval de um profissional, você pode aproveitar sua viagem com mais tranquilidade.
Encontre a melhor forma de administrar seu dinheiro: é importante otimizar as finanças na hora de realizar uma viagem. Algumas precauções básicas já são bem conhecidas: se optar por viajar com cartões de crédito, garanta que também está levando uma parte em dinheiro para lidar com imprevistos. Além disso, deixe procurações com pessoas de confiança que possam resolver problemas com o banco, por exemplo.
Aproveite ao máximo tudo que a viagem tem para oferecer: essa é, talvez, a mais valiosa das dicas. Precauções são muito importantes, mas a gente sabe que nem sempre as coisas acontecem de acordo com o plano, não é? Por isso, é importante estar com a mente aberta para tudo que a viagem pode oferecer, e se algo não acontecer como você planejou, procure tirar o melhor disso para que a sua viagem seja inesquecível.
E aí, todo mundo com as malas prontas?