Para quem mergulha há muito tempo ou ainda está na fase iniciante, o Brasil tem muitos destinos ideais, e não apenas no litoral. Escolhemos cinco para te indicar, confira!

 

1. Arraial do Cabo (RJ)

Considerada a capital brasileira do mergulho, Arraial do Cabo oferece o combo perfeito: praias paradisíacas e pontos de mergulho ideais em quaisquer condições de tempo, durante todo o ano. Além disso, também há por volta de 35 ilhas que são ótimas para fazer pausas nos passeios.

Mergulhar em Arraial do Cabo é uma experiência única. Já pode marcar sua viagem. 🙂

2. Bonito (MS)

O melhor destino para ecoturismo no Brasil também é o maior destino para mergulho fluvial (em rios). No Rio Sucuri, por exemplo, os mergulhadores iniciantes podem fazer uma tranquila flutuação. A correnteza leva os turistas nas águas azuladas com a companhia especial de cardumes de peixes piraputangas, dourados e curimbas. A experiência fica ainda mais incrível quando se faz pequenas pausas para admirar a riqueza da fauna e flora ao redor.

Não esquecemos dos destinos mais radicais! O Abismo Anhumas está entre os mais conhecidos da região e oferece uma das experiências mais incríveis: antes de mergulhar nesta caverna, o visitante precisa descer um rapel de 72 metros (altura de um prédio de 26 andares, aproximadamente). Lá são realizados passeios de bote, flutuação e mergulho com cilindro. A temperatura das águas cristalinas gira em torno de 18°C.

Anota aí: o melhor mês para praticar o mergulho em Bonito é maio!</p>

3. Guarapari (ES)

A mais rica biodiversidade marinha do Brasil está em Guarapari, no Espírito Santo. São cerca de 220 espécies identificadas que podem ser admiradas tanto com snorkel quanto com cilindro. Os mergulhos transitam entre corais e naufrágios, como os navios Bellucia (1903) e o Victory 8B (2003).

Os melhores pontos de Guarapari são Três Ilhas, Ilhas Rasas e Ilha Escalvada, Naufrágio Victory B8, Parreiral de Fora, Baiuana, Baixa do Dentão e Baixa o Olho de Boi. O ideal é visitar no verão, entre dezembro e abril!

4. Recife (PE)

O Nordeste tem que marcar presença nessa lista! E escolhemos Recife por um motivo muito especial: lá existe a maior concentração de navios naufragados do país! São 36 embarcações submersas onde vivem espécies de arraias, tartarugas e os famosos tubarões, é um verdadeiro parque aquático de naufrágios que encanta qualquer mergulhador. A temperatura média da água é de 27°C e tem visibilidade alta. Nossa dica é visitar entre setembro e maio, quando não há chuvas e fortes ventos.

Para quem prefere um mergulho menos aventureiro, é só passar em Porto de Galinhas, que fica a 60km da capital. Lá, os mergulhos são feitos nos arrecifes, sendo a escolha perfeita para quem está começando. Nas atividades em mar aberto, a visibilidade chega a 25 metros! Nem precisamos falar que Porto é uma das praias mais bonitas e famosas do Brasil, né? Você tem que conhecer. 🙂

5. Ilha do Arvoredo

A Ilha do Arvoredo fica em Florianópolis e é o melhor ponto de mergulho do sul do Brasil, além de ter uma das principais reservas marinhas. Lá, é possível observar arraias, polvos, tartarugas, garoupas e muitos outros animais. Você também pode acabar “esbarrando” em naufrágios de canhões de antigas embarcações! Para mergulhar sozinho, é preciso ter um pouco de prática devido à visibilidade, que é bem mais baixa (entre 5 e 21 metros).

É um lugar incrivelmente lindo e que vale muito a pena conhecer!


Agora você pode conferir na Revista Montreal a matéria com o mergulhador e publicitário Carlos Grillo, fotógrafo premiado pela National Geographic. É só clicar aqui! https://conteudo.pub.clubemontreal.com.br/revista-temporada-9-edicao