Montreal Clube de Hospedagem

Esqueceu sua Senha?

Desbloquear Usuário

Não possui conta?

Montreal Clube de Hospedagem
Montreal Clube de Hospedagem
Montreal Clube de HospedagemMontreal Clube de Hospedagem
Forgot password?

Materia Revista

A cidade italiana que encanta por seus canais, gôndolas, beleza e cultura.

   

Diferente de tudo, Veneza carrega a fama de lugar mais romântico do mun-do, sendo um dos principais destinos de casais apaixonados. Foi formada a partir do século V, na época das invasões bárbaras, quando habitantes da região noroeste da Itália buscaram refúgio à beira do Mar Adriático. Os novos habitantes ocuparam as 120 ilhotas, cortadas por 177 canais; e, quando estavam totalmente tomadas, começaram a avançar sobre o mar. Para isso, construíram passarelas suspensas, por meio de fundações em madeira, fincadas entre 2 e 5 metros de profundidade.

As primeiras pontes surgiram em 1170. Hoje são mais de 400. As principais são a Ponte Rialto e a Ponte dell’Academia, sobre o Grand Canal, que corta a cidade inteira. Piazzas e palazzos deslumbrantes criam uma atmosfera exótica e misteriosa. Para desfrutar desse cenário tão diferente, que tal chegar ao hotel de táxi-barco? Você vai encontrá-los nos píeres do aeroporto e da estação de trens. Vários hotéis têm seu próprio atracadouro, o que facilita muito o acesso.

 

Prepare-se para caminhar bastante, já que não há vias para carros, só ruelas estreitas, canais e rios. Aproveite também para fazer o emblemático passeio de gôndola, que não pode faltar em uma viagem a Veneza. A duração vai depender do percurso escolhido, mas o tempo médio é de 30 a 45 minutos, passando pelos principais pontos turísticos.

Veneza é dividida em sestieri – ou bairros – e dá para percorrer tudo a bordo dos vaporettos, os ônibus aquáticos. Se tiver tempo, pegue a linha 1, que percorre o Gran Canal, para ver os mais impressionantes palácios da comuna italiana. Os detalhes, as fachadas, os estilos, os lustres e adornos vislumbrados são de tirar o fôlego.

 

No centro turístico, a Piazza San Marco é uma das praças mais espetaculares da Itália. Não deixe de visitar a imponente Basílica de San Marco, de estilo bizantino, repleta de mosaicos dos séculos XII e XIII, obras de Ticiano e Tintoretto e os famosos Cavalos de São Marcos – fabulosas esculturas de bronze do século IV a.C, trazidas de Constantinopla, em 1204. Pare para tomar um cappuccino original em um dos vários cafés históricos – como o Café Florian – e contemple o Campanário e a Biblioteca Marciana. Vá ao magnífico Palazzo Ducale e também à Torre do Relógio, de onde é possível ter uma visão panorâmica dos monumentos.

Como em toda a Itália, comer bem em Veneza é muito fácil. Diversos restaurantes, bistrôs e barraquinhas oferecem comida caseira saborosa, feita com ingredientes frescos, seguindo a melhor tradição cultural italiana. Experimente os mariscos e os deliciosos risotos acompanhados por um bellini – um coquetel à base de pêssego e prosecco, simplesmente divino! Se sobrar tempo, pegue um barco para conhecer, em apenas um dia, as ilhas de Burano, Torcello e Murano, onde estão as fábricas e os habilidosos artesãos do vidro, responsáveis pelos cobiçados cristais murano.